Arquivo da tag: zona de conforto

Os 93% do Facebook

Quem cochicha o rabo espicha e quem se importa o rabo entorta.

Tá aí uma grande verdade.

Mas venho compartilhar com você, leitor do MDJC, uma questão que me intriga.

É relativo ao nosso querido Facebook.

Presumo que volta e meia alguém o convida para ser seu “amigo”.

Por vezes é até um camarada mesmo, mas normalmente, são conhecidos que temos afinidades, ex-esquemas de tempos atrás, parentes, colegas da época da escola, e uma grande parte que nem lhe cumprimenta por aí.

Mas digamos que você é seletivo.

Adiciona somente quando acredita rolar certa consideração recíproca.

Mesmo assim, sinto lhe informar: Não adianta, jogador… tanto faz se você possui em sua lista 4 mil pessoas ou 200, irá sempre se deparar com

 

OS 93% DO FACEBOOK!!!

 

Exato.

Constatei em minhas pesquisas que 93% não curte o que você posta, não comenta, não compartilha e nem fala contigo no bate-papo. E nem responde direito!

Desde perfis pessoais de desconhecidos, até famosos como o Will Smith e seus 34 milhões de admiradores, fanpages de grandes marcas, ou a personagem dos palitos de dente, Gina Indelicada, que já alcançou a marca de 900 mil curtidas por suas divertidas postagens… todos eles recebem no máximo 7% de feedback.

Até o MDJC, com seus quase 800 jogadores e jogadoras, confirma esse dado. Pode ir lá ver.

Fico me perguntando, por que será?

Tudo bem, acredito que temos o direito de participar dessa mídia social da forma como acharmos mais satisfatória para nós mesmos.

Só que fala sério… 93% é quase todo mundo!

Da onde vem tanta apatia??

Seria timidez em se manifestar?

Mas é só apertar “curtir” aqui, dar um “ai” ali.

Ficar em cima do muro é coisa de coruja e não de ser humano.

 

Sinceramente, está faltando mais conexão. Mais tesão em interagir com os outros, fazer piada, debater uma tese, incentivar e expor ideias, partilhar informações (interessantes ou bobinhas), enfim… Dizer ao mundo que está vivo!!!

Já pensou se você curte um trabalho de seu amigo e outra pessoa da sua lista que é envolvido com aquela área vê, se interessa e o contrata, simplesmente por causa de sua curtida? Percebe o poder dessa ferramenta?

Não consigo entender o que se passa na cabeça de um sujeito que lhe adiciona como “amigo” e parece mais um finado, um zumbi, sei lá!

Imagino somente duas hipóteses:

1- É um espião que observa à sua vida com olhos de invejinha para ficar de ti-ti-ti pelas costas

2- O sujeito/fulana quer dar uma dewow tenho 2 mil amigos, eu sou legal, vejam!

 

Tem também aquele que quase nunca acessa.

Porém, pode ter certeza, assim como uma raposa que age na calada da noite, vez que outra ele vai de cantinho e espia seu perfil.

Ahhhh!!! Sai da moita tatu!!!!

Tanto faz se você publica apenas fotos de comida, montagens engraçadas, música, bebedeira, vídeos, trabalho, piadas… mesmo se for uma dondoca que bate foto se olhando no espelho com um decote gigante e fazendo biquinho… ou um eterno apaixonado que se declara todo dia à sua amada…

Bem que você podia parar um pouco de falar de si mesmo e contribuir para o dia de seus conhecidos.

 

Pois a questão é, o que você prefere?

Ser dos 7% que interagem de alguma maneira, mesmo que particularmente,

ou dos 93% de espiões que por diferentes motivos estão presos na zona de conforto, sem tomar qualquer tipo de atitude no facebook e provavelmente em suas vidas?

 

Abraço do DON

*comenta aí jogador!


[vídeo] Cena do filme “Coach Carter” mostra filosofia do MDJC

Senhoras e senhores, como vão vocês?

Ontem estava assistindo pela segunda vez esse filme, “Treinador Carter“.

Nossa… não lembrava de como era tão incrível!

Primeiro que é detalhadamente baseado numa história real sobre o trabalho de Ken Carter como treinador do time de basquete do colégio Richmond.

Uma tarefa nada fácil, levando em conta a indisciplina dos jogadores e a falta do conceito “respeito” na mente deles. Fato esse que os levou apenas a 4 vitórias na temporada anterior a vinda de Carter.

Segundo, apenas um nome: Samuel L. Jackson. Acredito que o ator dispensa apresentações.

Podemos ver neste filme diversos aspectos do comportamento humano abordados no Manual do Jogador Caro.

O orgulho dos alunos ao receber ordens (que eram para o seu bem na verdade), demonstrando falta de visão a longo alcance…

A arrogância quando começam a jogar bem, sentindo-se superiores…

A compaixão do treinador em nunca levar para o lado pessoal a falta de respeito que ele recebe no início, sabendo que liderar é tarefa para os fortes (ele não reagia com o ego, colocando-se no nível deles, mas sim, AGIA com autoridade e criatividade, como proposto neste artigo= https://omanualdojogadorcaro.wordpress.com/2012/01/18/agir-sem-reagir/)

Carter deu para os alunos aquilo que eles PRECISAVAM, e não apenas aquilo que eles queriam.

Determinou que assinassem um contrato garantindo que iriam frequentar todas as aulas normais, sentariam na primeira fileira e manteriam uma média de notas.

Ele viu através do basquete uma forma de educar aqueles garotos para que tivessem um futuro melhor, a faculdade.

Lembrando a atitude de Nelson Mandela, quando usou do time sul-africano de Rugby para unir o país (vejam o filme “Invictus”).

A cena abaixo acontece logo após o fato de o treinador ter suspendido os treinos e jogos porque os jogadores não cumpriram o combinado quanto ao seus desempenhos escolares.

Toda a comunidade ficou indignada pois queriam vê-los continuando a vencer os jogos, com o discurso de que essa era a única alegria daqueles garotos. Uma total falta de visão mais ampla, pois Carter desejava que os mesmos vencessem na vida e não apenas nas quadras.

Depois de a comissão escolar determinar a abertura do ginásio, ele dá de cara com todo o time sentado em carteiras de estudo, pois, depois de muita resistência, agora compreendiam o significado de sua atitude.

Mas o real motivo de eu trazer essa cena a vocês são as palavras de um deles a Carter. Depois de muitas vezes questionado sobre o que tinha medo, em decorrência de sua prepotência, enfim o garoto encontra a resposta. Confiram:

Nossa…

Qual é o teu maior medo?

O nosso maior medo não é
sermos inadequados.
O nosso maior medo é
sermos infinitamente poderosos.
É a nossa própria luz, não a nossa
escuridão, que nos amedronta.
Sermos pequenos
não engrandece o mundo.
Não há nada de transcendente
em sermos pequenos,
pois assim os outros não se
sentirão inseguros ao nosso lado.
Todos estamos destinados a brilhar,
como as crianças.
Não apenas alguns de nós,
mas todos.
E, enquanto irradiamos
a nossa admirável luz interior,
inconscientemente estamos a permitir
aos outros fazer o mesmo.
E, quando nos libertarmos
dos nossos próprios medos,
a nossa presença automaticamente
libertará os medos dos outros.

Conseguem sentir o PODER disso tudo???

Ele fala da transcendência dos medos e receios do nosso ego.

Será que corto o cabelo desse jeito? O que os outros vão pensar?”

“Tenho medo de iniciar esse projeto com medo do que os outros vão pensar!”

“Quero conhecer aquela garota… mas tenho medo de ela me rejeitar!”

O problema é que toda essa cautela exagerada é que faz com que você não BRILHE, não CRIE momentos especiais e mostre ao mundo quem você é.

Ficar numa concha que tem o nome de zona de conforto pode ser seguro, mas nela você será apenas alguém espiando pela fresta a vida passar.

Abraço do DON!

*o COACHING DO MANUAL DO JOGADOR CARO continua bombando rapaziada!!!

Quer evoluir como pessoa? Aprender conceitos fascinantes? Ter mais desenvoltura? Conhecer qualquer mulher de forma natural e autêntica? Passar por desafios e se tornar alguém com uma energia extremamente poderosa e atraente?

Então não perca tempo e garanta sua inscrição para a próxima turma!

Detalheshttps://omanualdojogadorcaro.wordpress.com/about/

E-mail: omanualdojogadorcaro@gmail.com


Missão dada? Missão cumprida!!

É isso aí meus aliados!!!

 

Com gigantesca satisfação que lhes informo: MEU VÍDEO FOI O VENCEDOR DA PROMOÇÃO!!!!!!!!

 

Snoop Dogg= Jogador Caro faixa PRETA

 

Mal posso acreditar!!!

Ganhei um CAMAROTE, n0 meu ANIVERSÁRIO, para curtir com minha namorada o show de um dos maiores rappers e Jogadores Caros de todos os tempos!!!!! Mister Snoop Dogg.

 

O melhor de tudo foi como consegui este feito…

 

Minha gata, jornalista, sempre bem-informada, sabendo que curto muito o som do cara e me divirto às vezes rimando, veio até mim e falou “amorrr está rolando uma promoção que é a sua cara! Vamos gravar um vídeo seu rimando e dizendo por que merecemos ganhar o prêmio!

 

Sem pensar duas vezes citei algumas palavras do nosso louvável Capitão Nascimento: Missão dada é missão cumprida!!

  Muitos pensariam:

“ahhhh, isso é besteira, não conseguirei”

-“até parece, vou ficar pedindo ingressos para uma rádio, ridículo”

-“não né… passarei vergonha… vão rir de mim”

-“acho que os outros serão melhores, não tenho chances”

 

Olhem bem para mim meus amigos… tenho cara de quem deixa o EGO dominar minhas atitudes? Estou preso numa zona de conforto? Sinto medo da opinião dos outros?

Se fosse assim, nunca compartilharia com vocês as ideias deste blog.

Eu VIVO a vida de um Jogador Caro!

Eu acredito no meu potencial! Sem medo de arriscar! Sem medo de falhar!

É isso que espero de todos que acompanham o Manual do Jogador Caro.

Busquem seus objetivos sem ouvir as negatividades de suas mentes.

Você é o criador da sua história, o ator principal deste filme chamado VIDA.

Para quem não acompanhou a história, veja este artigo.

 

Abraço à todos!

Don Conejo