Arquivo da categoria: Uncategorized

MDJC em novo endereço

www.manualdojogadorcaro.com.br


[Novo parceiro]- Surfista Comum

Como alguns leitores sabem, o surf sempre esteve presente na minha vida.
Desde os tempos de escola, com meu cabelo parafinado, junto aos amigos fazendo bagunça no ônibus… até hoje, quando, entre as horas de pesquisa para um artigo e as consultorias do curso, arrumo tempo para mandar algumas manobras em cima da água salgada.

Super man: manobra inspirada no motocross

Dificilmente comento sobre o assunto aqui, pois o foco do blog é outro.

Mas devo confessar que a brincadeira faz um bem indescritível.

Aprendi através do treino de manobras, que evoluir pode ser uma realidade…

Me sinto como uma criança num parque de diversões…

A espera pelas ondas me faz treinar a paciência…

O mar recarrega minhas energias…

A satisfação quando se viaja para conhecer novas praias e pessoas…

Sem contar a adrenalina de pegar um tubo, acertar um aéreo ou uma curva perfeita, que é simplesmente alucinante.

É muita magia envolvida nesse esporte.

 

Acontece que a maioria dos sites voltados para o assunto recicla o material de terceiros, mostrando apenas vídeos de profissionais , fazendo boletins das condições do mar ou contando quem foi o vencedor de uma etapa do circuito sei lá do quê lá na praia não se da onde.

Há tempos eu estava cansado de ver esse padrão.

Até que vieram ao meu conhecimento Jogadores Caros que resgatam a essência do surf, diferente dos citados acima (que não deixam de ter o seu valor também). Estou falando do www.surfistacomum.com.

Nele, você encontra relatos de viagens, opiniões, dicas, artigos muito bem escritos, ou seja, é voltado para caras que pegam onda sem terem qualquer patrocínio no bico de suas pranchas.

A vibe daquela galera é tão positiva, que cederam ao Manual do Jogador Caro uma coluna destacada para compartilharmos nossas ideias por lá. Não é incrível??

Estou bem contente com isso pois farei artigos abordando também o assunto surf, fato que acaba por expandir o meu trabalho.

Então meu amigo, se você é caçador de ondas como eu, apenas simpatiza com o esporte ou pretende ver outros textos do MDJC, fica o convite para acessar o www.surfistacomum.com.

 

Abraço do DON


Os 93% do Facebook

Quem cochicha o rabo espicha e quem se importa o rabo entorta.

Tá aí uma grande verdade.

Mas venho compartilhar com você, leitor do MDJC, uma questão que me intriga.

É relativo ao nosso querido Facebook.

Presumo que volta e meia alguém o convida para ser seu “amigo”.

Por vezes é até um camarada mesmo, mas normalmente, são conhecidos que temos afinidades, ex-esquemas de tempos atrás, parentes, colegas da época da escola, e uma grande parte que nem lhe cumprimenta por aí.

Mas digamos que você é seletivo.

Adiciona somente quando acredita rolar certa consideração recíproca.

Mesmo assim, sinto lhe informar: Não adianta, jogador… tanto faz se você possui em sua lista 4 mil pessoas ou 200, irá sempre se deparar com

 

OS 93% DO FACEBOOK!!!

 

Exato.

Constatei em minhas pesquisas que 93% não curte o que você posta, não comenta, não compartilha e nem fala contigo no bate-papo. E nem responde direito!

Desde perfis pessoais de desconhecidos, até famosos como o Will Smith e seus 34 milhões de admiradores, fanpages de grandes marcas, ou a personagem dos palitos de dente, Gina Indelicada, que já alcançou a marca de 900 mil curtidas por suas divertidas postagens… todos eles recebem no máximo 7% de feedback.

Até o MDJC, com seus quase 800 jogadores e jogadoras, confirma esse dado. Pode ir lá ver.

Fico me perguntando, por que será?

Tudo bem, acredito que temos o direito de participar dessa mídia social da forma como acharmos mais satisfatória para nós mesmos.

Só que fala sério… 93% é quase todo mundo!

Da onde vem tanta apatia??

Seria timidez em se manifestar?

Mas é só apertar “curtir” aqui, dar um “ai” ali.

Ficar em cima do muro é coisa de coruja e não de ser humano.

 

Sinceramente, está faltando mais conexão. Mais tesão em interagir com os outros, fazer piada, debater uma tese, incentivar e expor ideias, partilhar informações (interessantes ou bobinhas), enfim… Dizer ao mundo que está vivo!!!

Já pensou se você curte um trabalho de seu amigo e outra pessoa da sua lista que é envolvido com aquela área vê, se interessa e o contrata, simplesmente por causa de sua curtida? Percebe o poder dessa ferramenta?

Não consigo entender o que se passa na cabeça de um sujeito que lhe adiciona como “amigo” e parece mais um finado, um zumbi, sei lá!

Imagino somente duas hipóteses:

1- É um espião que observa à sua vida com olhos de invejinha para ficar de ti-ti-ti pelas costas

2- O sujeito/fulana quer dar uma dewow tenho 2 mil amigos, eu sou legal, vejam!

 

Tem também aquele que quase nunca acessa.

Porém, pode ter certeza, assim como uma raposa que age na calada da noite, vez que outra ele vai de cantinho e espia seu perfil.

Ahhhh!!! Sai da moita tatu!!!!

Tanto faz se você publica apenas fotos de comida, montagens engraçadas, música, bebedeira, vídeos, trabalho, piadas… mesmo se for uma dondoca que bate foto se olhando no espelho com um decote gigante e fazendo biquinho… ou um eterno apaixonado que se declara todo dia à sua amada…

Bem que você podia parar um pouco de falar de si mesmo e contribuir para o dia de seus conhecidos.

 

Pois a questão é, o que você prefere?

Ser dos 7% que interagem de alguma maneira, mesmo que particularmente,

ou dos 93% de espiões que por diferentes motivos estão presos na zona de conforto, sem tomar qualquer tipo de atitude no facebook e provavelmente em suas vidas?

 

Abraço do DON

*comenta aí jogador!


[vídeo] Tony Montana, Jogador Caro – parte 1

Se você ainda não assistiu ao filme Scarface, vai correndo atrás jogador, porque é tiro certo!

O personagem interpretado pelo mestre Al Pacino, o cubano Tony Montana, dá um show de diversas formas.

Comete muitos erros, isso é verdade.

Mas seus acertos ficaram marcados pra sempre no universo do cinema mundial.

E o MDJC analisa a partir de hoje alguns deles.

Confira a parte 1 sobre o jogo de sedução do cabrón e veja como pode usar alguma coisa no seu próprio jogo.

É quente ou não é?

 

Espere então para ver o restante.

Manual do Jogador Caro, alguns tentam copiar, mas NUNCA SERÃO!!!

 

Abraço do DON


Análise do candidato no programa “Vai dar namoro”

Este programa da tv Record é divertido.

Rodrigo Faro apresenta candidatos a conhecer garotas e quem sabe rolar um lance.

Então o sujeito fala sobre si e talvez alguma delas conceda uns minutos de conversa ao galanteador.

De vez enquando até dá liga…

Só que a maioria deles manda MUITO mal.

Confira um exemplo:

Começa que a produção manda o sujeito entrar correndo, sei lá, pra botar uma energia talvez.

Só que é péssimo.

No lugar dele eu diria que dispensava isso.

Caso eles insistissem, chegava na hora e entrava andando no meu estilo e deu.

Em seguida, outra situação complicada: começar a dançar como um gogo-boy (striper masculino).

Pra quê se expor ao ridículo assim?

Pra quebrar algum gelo?

Jogador Caro não precisa disso. No máximo, evitando dar uma de estraga-prazeres ao lado do apresentador dançarino, eu faria alguns movimentos, mas bem reservados.

Já no início da conversa, “fulano, quantos anos você tem? E faz o que da vida?”

Aí meu amigo… se você não tem uma profissão que desperta a curiosidade ou traz certo status, é hora de ser criativo. Pois Rodrigo Faro não perguntou exatamente no que ele trabalhava, e sim, o que fazia da vida.

Aproveito cada momento da vida Faro… valorizo quem está do meu lado, gosto de dar umas risadas, surpreender… e nas horas vagas, trabalho como técnico de informática“(ex.)

Digo isso porque mulheres querem caras diferentes. Conhecer o sexo oposto passa longe de ser uma entrevista de emprego.

Principalmente pelo fato de a primeira impressão ser a que fica. Temos poucos segundos e minutos para instigar o interesse numa investida.

Mas o problema é que Jorge Daniel não conhece o MDJC.

Tanto que ao ser perguntado se está namorando muito e a quanto tempo rola a solidão, tadinho… ele coçou a cabeça, fez uma cara de cão sem dono, totalmente carente, e pediu para mudar de assunto! Para melhorar, passou a data de 2 anos sem estar com uma mulher.

Aí não né tio!!!!

Pára com isso na boa!!

Independente se estivesse encalhado ou não, eis o que eu certamente falaria:

Quanto tempo exatamente eu não namoro não faz diferença… já diz a música, solteiro sim, sozinho nunca! (aí provavelmente o Faro ia fazer um auê, tocar música, etc.. então eu pediria para falar mais)

Namorar é um compromisso sério para mim. E não adianta a garota ter um rostinho bonito, um corpão, ou até um beijo bom. Eu tenho que realmente me envolver para assumir esse compromisso. Aliás, não estou aqui para arrumar uma namorada. Estou aqui para conhecer alguém, ver o que rola, um romance talvez… O que importa é o agora, o amanhã vai ser apenas consequência”.

É nocaute jogadoooorrrrr!!!

Valorize seu passe! Ou quem valorizará?

Pode perceber que o carinha até demonstra ser gente fina e tal.

Mas só isso não basta para ser desejado.

A confiança misturada com a paz é o que pode causar atração.

 

Abraço do DON

*comenta aí Jogador!!


Novo parceiro: Atitudes Masculinas

Quem acompanha o MDJC sabe que temos orgulho em apresentar materiais de diversas fontes.

Pode ser um vídeo, um texto, tanto faz. Basta ter qualidade que tentamos conceder espaço.

E um blog que faço questão de recomendar todos os dias de agora em diante é o Atitudes Masculinas, de Douglas Vlorenz!

Dá pra perceber que o lance é quente só pelos Jogadores Caros do banner, diz aí?

Se você está cansado de ter sua energia masculina reprimida pelos deturpados rumos que a sociedade vem traçando de tempos para cá, tá aí um material que vai contra essa corrente.

 

Ui, só podia ser coisa de homem…” algumas dondocas falam. E eu respondo: é mesmo. E Homem, com H maiúsculo. Só o que faltava eu ter vergonha de ser um!

Sabe o que acontece jogador? Elas não tinham direitos básicos no passado, o que era uma puta injustiça.

Mas nem por isso precisavam tentar se igualar a nós em praticamente tudo.

Por isso começaram a ter atitudes de essência masculina, enquanto os homens são forçados a serem femininos.

 

Ou vai me dizer que um vampiro charmoso é masculino?

Um sertanejinho com cabelo de emo e voz fina?

Jogador era o Tom Cruise em Top Gun!

Marlon Brando em Um bonde chamado desejo!!

Mickey Rourke, 9 semanas e meia de amor!

 

Cuidado meu amigo, com o que a mídia e a sociedade em geral tentam pôr na sua cabeça.

Ciúmes exagerados? Medo de puxar assunto? Ser passivo? Carente? Emotivo demais? Reativo?

Sinto lhe dizer, são todas qualidades mais femininas do que masculinas e é melhor prestar atenção nisso.

 

Doutrinas espirituais explicam esse fênomeno da falta de equilíbrio entre o yin e yang.

Que começou da forma que falei, no passado, quando o homem fez mau uso de sua força e raciocínio lógico menosprezando as mulheres.

Depois, elas exageraram na busca por justiça e – movidas pela sua natureza emocional – quiseram ocupar todas as áreas masculinas, cheias de râncor e feminismo.

Porém, agora está sendo manifestada uma nova safra de homens que resgatam toda a essência masculina ao mesmo tempo em que respeitam o valor das mulheres (diferente dos antepassados).

É nessa pegada que a chamada guerra dos sexos vai chegar ao fim.

Todos saberão por instinto quais energias devem produzir e cada vez mais as pessoas se atrairão com facilidade.

 

Esse é um dos focos do Manual do Jogador Caro, e se você procura conhecer melhor esse seu lado, saiba que temos mais uma fonte de aprendizado: o Atitudes Masculinas.

 

Abraço do DON

 

*pra quem quiser ler um artigo porrada sobre as diferenças da energia masculina e feminina, ele é espiritual, mas independente de sua crença, verá que faz sentido: http://www.jeshua.net/por/healing/healing5por.htm 

 

 

 

 

 

 

 

 


Perfil de um jogador barato

Com certeza é sempre bom aprender com o sucesso dos outros.

Podemos analisar suas qualidades, a forma que os levaram a atingir objetivos, os pensamentos deles…

E existe uma maneira diferente de obter conhecimento: observando os erros alheios.

Por isso, hoje apresento no MDJC o personagem George, interpretado por Paul Rudd no filme “Como você sabe (2010)”.

Perceba que este artigo é uma exceção, pois não seria justo analisar personalidades de forma crítica e julgando suas falhas publicamente.

Mas como se trata de cinema… vamos lá!

 

George até que é gente fina. Atencioso, humorado, cheio de boas intenções.

Não sei exatamente qual foi a mensagem do diretor do filme com esse personagem.

Talvez pelo fato de estar sendo indiciado pela Receita Federal graças a um golpe que seu pai deu (Jack Nicholson), ele fica num estado nervoso, ansioso, algo assim.

Então ele conhece Lisa Jorgenson (Reese Witherspoon), ex-jogadora de softball que namora um sujeito, digamos, mais solto com a mulherada. E quer roubá-la dele.

Sabe o cara que tenta o tempo inteiro agradar? Responde com pressa… fala uma coisa e quando a garota discorda ele já muda de opinião na mesma hora… faz favores correndo… tudo para receber o interesse feminino em troca? Esse é o style desse nosso amigo.

 

A loirinha é uma chata, fato.

Só que ela vai abusando justamente porque George não coloca limites.

Quando ela tomar alguma atitude que você recrimina, pode falar jogador!! DEVE falar.

Todo mal se corta pela raíz.

Muitos caras estão num relacionamento sufocante justamente porque deixaram uma bola de neve ficar gigante.

 

Outro ponto que quero ressaltar é a atenção exagerada que ele dá.

Se você está ali, num primeiro momento, com uma mina que te atrai, entenda uma coisa: ou se tem vontade de agarrar ou não. Portanto, aja de acordo!

Ficar ali escutando os problemas dela pra sempre e conversar apenas sobre coisas bonitinhas não vai levar a nada.

Aliás, vai sim. Uma amizade apenas.

Confira esse trecho do filme:

Chega a ser bizarro.

George tenta ser o mais legal possível e de repente, do nada, liga o namorado de Lisa pedindo desculpas por terem brigado e tal, a chama para sua casa, e ela vai.

E George faz cara de cão sem dono até leva-la ao táxi.

 

Meu amigo!!! Carência não é uma qualidade atraente!!

Você deixa de demonstrar interesse durante, sei lá, 30 minutos, 1 hora ou mais. Aí na hora em que ela está indo embora, tenta dar o xeque-mate desesperadamente. Mas seu peão não andou nem 1 quadrado no tabuleiro, como quer pegar a rainha desse jeito meu jovem?

Demonstrar interesse e elevar a interação é uma arte (que por ventura tratamos no curso MDJC 😉 ).

Arte essa que George nunca ouviu falar.

 

O desenrolar do filme vou deixar de lado, mesmo porque não faz sentido. Está na categoria dos filmes moderninhos com personagens sem energia masculina, ao contrário do tipo Marlon Brando, Tom Cruise, Mickey Rourke, Charlie Sheen e demais atores caros.

Mas fica a dica para você conferir as graves falhas do cidadão e evitar fazer o mesmo.

 

Abraço do DON

 

 


[Promoção] Participe do novo vídeo do MDJC

Alô firma!!!!!!!

 

Se liga que hoje é só notícia boa para começar a semana.

Começo passando um aviso aos navegantes:

Finalmente foi criado o grupo ‘Manual do Jogador Caro‘ no facebook!!

aúúúúúúú!!!!!!

É isso aí, pode uivar igual ao Denzel!

 

Lá você traz dúvidas para a galera dar um feedback, propõe temas de artigos ao blog, dá sugestões de qualquer natureza, enfim… contribui e participa mais ativamente do estilo de vida Jogador Caro.

Esse grupo foi criado levando em conta que muita gente já VIVE segundo os conceitos do Manual. E como eu sempre afirmo, o Manual é único, é original, são diversas fontes de conhecimento, é tudo de bom! Um ideal que busco e quanto mais pessoas buscarem junto, mais poderoso se torna.

Pode adicionar aí e chamar seus camaradas, sangue bom!

 

O outro aviso é que o novo blog está quase quase no ar e a primeira postagem será um VÍDEO explicando a todos os desinformados o que significa ser um JOGADOR CARO.

Já foram gravados diversos depoimentos da galera aqui de Floripa (lugar onde nasceu o termo) respondendo à pergunta.

Que tal fazer parte deste vídeo especial, editado com cortes rápidos, sonzera de fundo, naquele style??

Como podemos constatar lá no grupo do facebook, a rapaziada está dando conceitos fantásticos!

Então não perde tempo!! Faz uma filmagem com resolução boa no seu celular mesmo ou no iphone de alguém e envia para o http://www.4shared.com, meu e-mail (omanualdojogadorcaro@gmail.com) ou qualquer forma que achar conveniente, contando o que você entende por ser um Jogador Caro.

E tem mais: além de se apresentar ao lado de diversos jogadores (o que é sempre satisfatório), quem participar GANHA ADESIVOS DO MDJC EM SUA CASA!!

É isso aí mesmo meu caro!

Tudo isso porque somos uma equipe e o valor dela é inestimável.

 

Abraço do DON

 

 

 


[vídeo] Dicas de livros

Ler é uma atividade engraçada.

Parece chato…

Mas quando por algum motivo você lê algumas páginas de um livro que lhe interessa, WOW!!!

É viciante.

Sua imaginação exercita e toda hora dá vontade de folhar aquela obra.

Eis alguns benefícios da literatura:

-bom passatempo em momentos de ociosidade, andando de ônibus, esperando alguém, etc…

-bom sonífero

-melhora sua criatividade

-lhe dá conhecimento

-melhora seu vocabulário

-amplia suas ideias

-dá mais poder de argumentação

-acesso a cultura

-torna suas conversas mais interessantes, com mais conteúdo

 

Preciso falar mais?

Boa leitura!


Cenas do seminário ‘Jogador Caro’

Há alguns meses atrás tive o prazer de gravar meu primeiro seminário para a área vip do fórum Puabase.

E como gosto muito do leitor do MDJC, vou apresentar os primeiros 30 minutos, agora mesmo!

Alguns tópicos deste vídeo:

-O surgimento do termo Jogador Caro em relação ao jogo 

-Paixonite

-Ego e seus níveis de consciência

Já na outra parte que só pode ser assistida pelos membros cadastrados do PB, está mais 1 hora sobre:

-Ousadia

-Projeção

-Dicas para jogo na balada

Quem quiser ter acesso a todo esse conteúdo, basta mandar um e-mail para omanualdojogadorcaro@gmail.com que mostro como se cadastrar lá no fórum.

 

Para assistir é só clicar no link abaixo. Bom proveito!

(essa foi minha primeira palestra então tem que dar um desconto beleza?!)

39974390