Arquivo do mês: setembro 2012

MDJC em novo endereço

www.manualdojogadorcaro.com.br


15 pensamentos que diferem as pessoas ricas

O leitor do MDJC sabe que nosso foco é outro além de como ter dinheiro.

Mas cá entre nós… da pra viver sem?

Juliana Américo Lourenço da Silva, do site http://www.infomoney.com.br/, postou umas dicas bem interessantes sobre comportamentos eficazes na arte de fazer dinheiro.

E compartilho agora com você!

 

SÃO PAULO – Quem tem muito dinheiro pensa e age de maneira diferente da maioria da população. Ao menos, esta é a opinião do autor do livro “Como pessoas ricas pensam”, Steve Siebold, que relatou ao site Business Insider as diferenças nas atitudes dos ricos.

Veja 15 desses pensamentos:

mulher rica com notas de 100 dólares

1- Egoísmo é uma virtude, sabia?
A maioria das pessoas sente necessidade de salvar o mundo e colocar os outros antes de si mesmo. Já as pessoas ricas acreditam que se não se ajudarem primeiro, não poderão ajudar ninguém.

2- Não fique esperando; agir é a chave do sucesso
Você não vai ver uma pessoa rica na fila para jogar na loteria (mesmo antes de ser rica). Grande parte das pessoas está sempre à espera de alguém para ajudá-los a ficar rico, seja a loteria, o Governo, um amigo ou o cônjuge, mas isso só os mantém pobres. As pessoas ricas agem e gastam tempo resolvendo problemas.

3- Valorize o diferencial
As pessoas acreditam que o caminho para a riqueza é por meio da educação, fazendo mestrado e doutorado. As pessoas ricas são geralmente ricas, porque elas fizeram dinheiro vendendo um conhecimento específico que adquiriram.

4-Sonhe com o futuro
As pessoas ricas gastam muito tempo olhando para o futuro, estabelecendo metas e ansiosas pelo o que vem pela frente. A maioria das pessoas vive no passado e ficam infelizes ou deprimidas.

5- Pense em dinheiro de forma lógica
As pessoas normalmente caiem na armadilha de pensar sobre dinheiro emocionalmente, apenas querendo se aposentar confortavelmente. No entanto, as pessoas ricas mantêm uma relação lógica com o dinheiro, vendo-o como uma ferramenta que representa opções e oportunidades.

6- Siga a sua paixão
Oprah Winfrey disse que você tem que seguir a sua paixão e fazer o que você ama. As pessoas ricas encontram uma maneira de serem pagas para fazer algo que amam. A maioria das pessoas ganha dinheiro fazendo coisas das quais não gostam.

7- Sonhe alto
As pessoas definem expectativas baixas para evitar decepções, já quem é rico cria expectativas enormes e segue seus sonhos.

8- É preciso ser alguém
A maioria das pessoas acredita que você tem de fazer alguma coisa para ser rico e focar em resultados imediatos. Pessoas ricas se concentram em melhorar continuamente a si mesmas e aprendem com sucessos e fracassos.

9- O dinheiro dos outros é bem-vindo
As pessoas acreditam que precisam de seu próprio dinheiro para fazer dinheiro, enquanto as pessoas ricas não vêem nenhum problema em usar o dinheiro de outras pessoas.

10- Viva conforme seus meios
Os ricos adotam a atitude de viver de acordo com seus meios; enquanto parte das pessoas vive acima das suas possibilidades.

11- Ensine seus filhos como serem ricos
A maioria das pessoas ensina a seus filhos como sobreviver, enquanto os ricos ensinam seus filhos desde cedo sobre o mundo dos ricos e pobres.

12- Não deixe o dinheiro te estressar
Os ricos encontram paz de espírito na riqueza e não têm medo de admitir que o dinheiro pode resolver a maioria dos problemas, o que lhes permite ganhar mais dinheiro. Já a maioria das pessoas vê o dinheiro como uma batalha e um mal necessário que eles têm de suportar.

13- Educação ou entretenimento? Eles ficam com o primeiro
As pessoas fazem o oposto, elas lêem romances, tablóides e entretenimento em vez de continuar se educando depois da escola.

14- Os ricos se cercam de pessoas que pensam como eles
As pessoas ricas convivem com pessoas que têm as mesmas ideias  e condenam atitudes de tristeza e melancolia, o que aumenta a fama de esnobes.

15- Concentre-se em ganhar
As pessoas se concentram em poupar e perdem grandes oportunidades tentando viver frugalmente. Já as pessoas ricas constantemente  focam em grandes quadros e em como ganhar grandes quantias.

 

Abraço do DON


[Análise do JC]- O amigo dele atrapalha nosso namoro

Como o MDJC continua recebendo, diariamente, diversas situações para analisar, lá vai mais uma antes que os leitores fiquem sem resposta e depois seja tarde demais!

Aliás, o caso de hoje é de uma leitora.

 

“Don! Comecei a namorar há pouco tempo com um rapaz muito legal, mas um amigo dele morre de ciúmes da gente e deu pra implicar comigo agora, tornando as situações super incômodas. Já tentei conversar com o rapaz, mas ele não quer papo e meu namorado também não quer se meter. Não sei direito como lidar com essa situação… Pois estamos há menos de 2 meses juntos, mas esse amizade dele também não tem mais de 3 meses. Você acha que o meu namorado deveria tomar uma posição?” 

O amigo não quer soltar é?

Mas certamente seu namorado já deveria ter tomado uma atitude!

As pessoas nos respeitam até o limite que determinamos.

 

Lembro de um camarada meu…

Certa vez, na balada, estávamos lá curtindo quando conheci essa menina e rolou um lance.

Aí me perdi dele e fomos nos falar só depois de uns dias, quando o sujeito já veio cheio da dor de cotovelo:

Ah Don, pegasse a fulana?? Já fiquei com ela pô (quem te perguntou?)! Altas safada! E nada haver aquela guria. Levei um dia pro motel e ficou só me enrolando… fiz papel de bobo, perdi meu tempo…”

Êta orgulho ferido hein?!

Mas tudo certo, não dei bola para as contradições dele e segui a vida. Ou melhor, segui ficando com ela.

Semanas depois, por acaso, comentei que ia sair com a dita cuja. Foi quando ele questionou, falando alto e com a veia do pescoço saltando:

“O quê???? Tu ainda fica com a fulana??? Tá é maluco cara!!”

Nessa hora fui obrigado a rir e perguntar o por quê.

“Não, não, que isso… altas safada pô!! No verão vi ela e uma amiga com 5 caras lá na praia, depois entraram numa casa e ficaram dando risadas! Acho que as duas deram pra eles! Na verdade, acho até que ela deve ser garota de programa!”

Foi demais pra mim.

Com toda a calma do mundo, mas de forma assertiva, coloquei as cartas na mesa:

Ê, ê, menos… pode baixar o tom de voz aqui na minha casa… quer dizer que ela é garota de programa porque estava curtindo as férias em algum lugar? Cara, para de falar nada com nada! Desde aquele dia na balada tu tá mordidinho pô… melhor cuidar da tua vida e não se meter na minha.”

Depois disso ele se lamentou, dizendo que eu queria discutir por causa de mulher, sei lá do quê, pegou e foi embora. Acabou a amizade ali, se é que existia.

 

O que quero dizer jogadora, é que amigos de verdade querem o bem um do outro.

Se um deles consegue novo emprego, qualquer conquista ou conhece uma garota, ele vai ficar feliz e apoiar. E caso seja contra, vai ficar na dele, pois cada macaco permanece no seu galho.

O resto considero apego, inveja, sentimentos desse naipe.

E respondendo à sua pergunta, demorou pro seu namorado se impor. Saber a hora de curtir com você e depois com o amigo, sem ficar falando de um para o outro. Simples.

Ou mandar o folgado cuidar da vida dele, como fiz no caso acima.

Melhor ainda: apresente o Manual do Jogador Caro pra ele .   😉

 

Abraço do DON

*artigo relacionado: “O que fazer com o cupido carente?”

*comenta aí jogador!


[Novo parceiro]- Surfista Comum

Como alguns leitores sabem, o surf sempre esteve presente na minha vida.
Desde os tempos de escola, com meu cabelo parafinado, junto aos amigos fazendo bagunça no ônibus… até hoje, quando, entre as horas de pesquisa para um artigo e as consultorias do curso, arrumo tempo para mandar algumas manobras em cima da água salgada.

Super man: manobra inspirada no motocross

Dificilmente comento sobre o assunto aqui, pois o foco do blog é outro.

Mas devo confessar que a brincadeira faz um bem indescritível.

Aprendi através do treino de manobras, que evoluir pode ser uma realidade…

Me sinto como uma criança num parque de diversões…

A espera pelas ondas me faz treinar a paciência…

O mar recarrega minhas energias…

A satisfação quando se viaja para conhecer novas praias e pessoas…

Sem contar a adrenalina de pegar um tubo, acertar um aéreo ou uma curva perfeita, que é simplesmente alucinante.

É muita magia envolvida nesse esporte.

 

Acontece que a maioria dos sites voltados para o assunto recicla o material de terceiros, mostrando apenas vídeos de profissionais , fazendo boletins das condições do mar ou contando quem foi o vencedor de uma etapa do circuito sei lá do quê lá na praia não se da onde.

Há tempos eu estava cansado de ver esse padrão.

Até que vieram ao meu conhecimento Jogadores Caros que resgatam a essência do surf, diferente dos citados acima (que não deixam de ter o seu valor também). Estou falando do www.surfistacomum.com.

Nele, você encontra relatos de viagens, opiniões, dicas, artigos muito bem escritos, ou seja, é voltado para caras que pegam onda sem terem qualquer patrocínio no bico de suas pranchas.

A vibe daquela galera é tão positiva, que cederam ao Manual do Jogador Caro uma coluna destacada para compartilharmos nossas ideias por lá. Não é incrível??

Estou bem contente com isso pois farei artigos abordando também o assunto surf, fato que acaba por expandir o meu trabalho.

Então meu amigo, se você é caçador de ondas como eu, apenas simpatiza com o esporte ou pretende ver outros textos do MDJC, fica o convite para acessar o www.surfistacomum.com.

 

Abraço do DON