Arquivo do mês: maio 2012

Análise do JC= Indiretas ou DIRETAS?

“Então tenho uma duvida sobre comportamento feminino e acho que não teria ninguém melhor para me responder. (assim vou ficar convencido hein?!)

Estou enrolado com uma mulher a gente ficou uma vez e resolvemos manter contato, mando de vez enquando mensagem no celular as vezes ela responde, quando ela manda as vezes eu respondo ela também, por que creio eu que ela esteja ocupada como eu também estou para não responder, e quando ela não me responde também não fico enchendo o saco esperando uma resposta, pra mim respondeu bom, não respondeu também não fas diferença. (desde que não seja uma pergunta que foi enviada, está certo. Aliás, perguntas, quanto mais importantes, mais devem ser feitas por meio de telefone ou pessoalmente)

Às vezes quando ela ta online no face ela nunca puxa um assunto, creio que ela espera por minha atitude, as vezes quando puxo assunto ela me da um bom raport (sintonia), mas tem dia que parece que ela espera só eu entrar e puxar assunto pra me da um gelo e começar a descascar os homens postando coisas feministas ou que ela acha que vá fazer um efeito tipo : “” Não é ser fria, é ser cuidadosa. Não é ser grossa, é falar a verdade. Não é ser metida, é ter amor próprio. Não é ser difícil, é ser seletiva. Você precisa ser mais franca e esperta. Tanto homem por ai querendo uma mulher interessante igual a você, e você ai perdendo tempo atrás desse menino? Acorda amiga, mulher precisa de homem, e homem precisa de mulher. Meninos só precisam de uma mãe e um playstation. ” (que agressiva hein?)

E eu simplesmente acho isso engraçado, no dia que ela coloco isso, tambem colocou varias outras coisas ai eu resolvi postar “”eu hem credo da ate medo kkkkkk !!!!!”” (mandou MUITO bem, usando humor e dando um chega pra lá) no mesmo minuto ela curtiu meu comentário e postou “” Agora eu posso sair xau pra quem fica “”….. (sentiu que não está lidando com um menino e sim um jogador).  mais um detalhe, meu computador fica ligado o dia todo fazendo download e aki em casa tem uma oficina onde eu ajudo meu tio, quando n tem nada pra fazer eu venho mexer um pouco ai eu abro o face esqueço aberto, o mesmo acontece as vezes quando vou para academia, ai ela entra acho que fica um bom tempo esperando eu puxar assunto, e eu não puxo por que nem em casa eu to….. (isso é um fato que pode estar acontecendo mas o que ela pensa ou não, é problema dela) Ah ela tem 23 e eu 19 ……


Bom valeu Don Brigadão !!!!!!!

Acho divertido esses comentários feministas.

Apesar de tentar mostrar uma aparente sabedoria sobre o jogo, na verdade provam que estão com a mente ocupada pensando em NÓS e tendo atingir alguém.

Deixa eu ver se entendi…

Vocês ficaram uma vez e só. Aí agora está esse contato meia boca, certo?

Não posso dizer com propriedade como é a vida amorosa dela.

Pode ser que já tem outro cara no lance, pode ser que ela esteja louca por um convite seu.

O negócio é ser objetivo jogador, pois é isso que somos.

Decide de uma vez se está afim de dar uns pegas de novo e faz um convite forte. Não por mensagens ou facebook, mas por telefone.

Afinal de contas, qual o motivo de manterem contato depois de uma ficada?

Talvez seja por isso que lhe chamou de menino indiretamente (caso tenha sido para você a pedida).

Por não ter feito mais nenhum movimento. Apenas blábláblá.

Ainda mais pela garota ser mais velha, ela quer atitude.

Aí fica a dica simples do MDJC: tome uma atitude mais segura e convida. Caso a garota se faça de difícil, deixa a poeira baixar, veja se ela vai tomar iniciativa para compensar… e depois de um tempo quem sabe, você vai e convida novamente, sem apego, numa boa, como se ela nem tivesse recusado na primeira vez.

Se ela topar, garota de sorte. Se não, invista seu tempo em outra que valha a pena.

 

Abraço do DON


Ela está afim ou jogando comigo?

Como alguns de vocês sabem, volta e meia escrevo num fórum sobre sedução e estilo de vida chamado Puabase.

E dando umas vistas por lá me deparei com um artigo excelente do meu camarada John, portuga gente finíssima que além de escrever bem, ainda tem muita experiência para partilhar.

O procurei para parabenizá-lo e para nossa sorte ele liberou o texto ao MDJC, pois é digno de um Jogador Caro.

Confere aí!
 

 
As mulheres de cara colocam as cartas na mesa, elas querem um relacionamento?Elas fazem o que no Pick Up a galera chama de qualificar!

O que os caras falam? Mentem ,ou desconversam. Se você não souber o que quer , depois vai ficar na mão delas, não porque é um jogo, mas porque elas são assim.

Tentar entender o que se passa na cabeça delas , saber o porquê elas fazem isso e aquilo é pular num abismo sem fundo, porque no final são só conjecturas! Não há como saber o que se passa na cabeça das PESSOAS , você apenas deduz , imagina.

Mas há como saber o que se passa na sua , e é isso o que importa!
 
“Encontrei a garota e já tô gostando dela! “tô namorando uma garora faz 1 mês”, “3 semanas” , “saí com ela duas semanas e já tô apaixonado”…”tô ficando com medo de ficar obcecado”…

Bem, isso realmente tem a ver com você , se não está numa posição de abundância(muitas opções) irá olhar pra ela como se um barco tivesse explodido no meio do oceano e agora só tem aquela taboinha meio capenga bem ali , mas MEU DEUS , EU PRECISO DESESPERADAMENTE DAQUELA TABOQUINHA ALI SENÃO EU MORRO!
 

 
Qual a solução então pra quem não tem opção ,é ficar nesse ciclo eterno de “finalmente arrumei uma garota , não posso nem sonhar em perdê-la”??

Não.

É ser “realista”…ela não é especial… (inicialmente pelo menos não tem como saber).

É sim John a minha é especial“. Certo , então imagine 10 ou mais garotas realmente espetaculares sedentas por você, fala a verdade, acha que se isso fosse real , ainda veria ela da mesma forma?? Não precisa me responder , fale consigo mesmo !

Mude o seu lado emocional , e o desespero acaba e elas vêm, quem fez isso sabe que é verdade , quem não , fica pulando de tática em tática …”mas eu não sei como fazer isso??
Bom, se você realmente quer , vai chegar lá, se não , leia o que eu coloco aqui e não faça nada (isso chateia , eu sei , mas a solução está em todo lugar , PNL , e coisas similares , ação e controle da emoção etc…ler é uma coisa experimentar é outra)
 
“Eu nunca fui de ligar com frequência para ela (foi joguinho mesmo!)”

Jogo traz jogo. O problema é que elas não jogam , elas são elas , e você tá jogando com quem é assim realmente.Ela é melhor! ela faz sem esforço e você fica aí…”fingindo”, se esforçando , perguntando…

 
“ligava no máximo 1 ou 2 vezes por semana e estou mantendo a postura. “

Postura alpha??

“No entanto, está sendo um tanto quanto difícil fingir as aparências, pois ela apenas me liga quando eu ligo. Eu sempre tenho que tomar iniciativa. “

Exato. é difícil pra você porque elas não jogam , elas são elas e você tá tentando competir com profissionais meu caro!(essa posição de que elas não jogam não é aceita por muitos , é o que eu penso)


 
“E o paradoxo nisso tudo, é que eu, que estava muito tranquilo no início, mas agora estou sentindo falta de suas ligações, além de percerber o um desinteresse sistemático por parte dela!!”

É…você finge , e é nisso que dá. Elas são passivas ou por natureza ou socialmente, sei lá , quem se importa?? E você tenta entrar no terreno em que ela é mestra(não por maldade , mas por serem assim )


 
“Estou tomando o cuidado para não ficar gamado de vez pela moçoila! rs”

Cara , não é bem assim , você não precisa tomar cuidado , o que ajuda é você ter uma idéia do que quer , e se ela não corresponder , ou você cai fora , ou tenta fazer um meio termo, mas ficar fingindo, vai ficar gamado (iludido) e nas mãos dela!

 
“Ilustres, como devo agir para recuperar o interesse da garora e evitar o seu domínio na relação?”

Que relação??(só brincando) bom , você já está dominado, ela só ainda não tem certeza disso , mas nós aqui ao ler o que você pôs, sabemos! Nada demais , muita gente boa passou , passa ou passará por isso , o importante é… “eu quero ficar nesse estado??”

Se não , o que fazer? Ficar exposto ao modo passivo e indireto delas ou mudar , mesmo que eu a perca , perca outras até chegar onde eu quero , e saber quem eu sou??

Caras , eu também detestava quando alguém diz isso que eu vou colocar agora , mas tudo começa e termina em você, trabalhe em se achar um grande cara, não o cara foda , o alpha , mas realmente se amar , se amar mais que outras coisas , (se sentir bem na sua pele, quando isso ocorre , coisas como ciúmes , medos , ansiedades, somem por completo ou diminuem estupidamente) ,
 

E é o mais barato , porque isso independe de dinheiro e de carros , de BELEZA, e de mulheres e de estilo de vida!

“Mas isso aí em cima não é trabalhar em você John??”, sim , mas externamente , eu falo aqui internamente, quando se tem coisas externas é legal , mas não é nem sombra de ser atraente internamente!

Externamente , você “yeah , eu agora tripliquei meu poder e atratividade” legal .

Internamente , você centuplica!! (pra quem não sabe é 100 vezes mais), isso é quando parece quebrar as regras , mas não existem regras , existem crenças.

Aí você inverte as coisas, e vem aquela parte em que eu falo que não existe jogo!

É quando as garotas perdem o prumo do que foram ensinadas e fazem coisas como vir até você!


É difícil de acreditar porque você olha pra sua realidade e aceita muito fácil , quando poderia estar trabalhando internamente pra criar outra perpectiva (eu ia dizer outra realidade , mas eu sei que muita gente odeia isso )

Isso independe de onde você se encontra na sua vida , ser atraente internamente não depende de resultados, depende de sua mente, o resultado segue o que pensamos de nós, do que você realmente acha de si.
 

Meus agradecimentos ao John pela grande contribuição ao Manual do Jogador Caro.

Abraço do DON


Perfil de um Jogador Caro: Dr. Lionel Logue (O Discurso do Rei)

Fa………

F…. Fa……..

Fal…….

FALA RAPAZIADA!!!!!!

Já pensou como é a vida de um gago?

Claro que minha amostra não foi tão verdadeira, já que nunca ouvi falar de gagos na escrita.

Mas se quiser conhecer uma história verídica e interessante sobre gagueira, indico o excelente filme

“O Discurso do Rei“.

Contudo, o artigo de hoje não é apenas uma simples indicação para pegar na locadora.

É sobre o perfil do sujeito da direita da foto, que trabalha como coaching do Rei da Inglaterra com o objetivo de ajudá-lo a superar tal limitação na fala.

(E já que sou envolvido com consultoria pessoal, simplesmente me amarro nesse filme!)

Fiquei realmente surpreendido ao observar a forma como o mesmo lidou com Sua Majestade.


O Rei – que no início do filme ainda é Príncipe – sofre mais do que a maioria dos gagos, devido à obrigação política de falar para grandes públicos.

Se um gago já trava numa simples conversa, imagine num discurso.

Depois de passar por diversos especialistas sem êxito ele é forçado pela sua mulher a visitar este último.

Uma tarefa complicada para o fonoaudiólogo Lionel  (que não tinha formação médica, era apenas um ator que entendia do assunto), já que o Rei mostra ser alguém muito orgulhoso, egocêntrico e um tanto quanto arrogante.

É aí que surge sua habilidade em treinar (coaching).

Ao conversarem pela primeira vez, Lionel já estabelece que vai tratar seu o membro da realeza sem cordialidades, secretamente buscando uma intimidade entre os dois. Apenas dessa forma, com confiança e humildade, chegarão à evolução.

Com muito jogo de cintura, sem ser reativo à prepotência do gago, o treinador faz com que ele leia um poema ao mesmo tempo em que coloca música nos fones de ouvido para que não escutasse a própria voz.

Resultado: mesmo saindo chamando aquilo tudo de besteira e desdenhando a atividade, mais tarde decide ouvir a gravação e fica maravilhado. Sua gagueira havia sumido por alguns instantes.

 

Consequentemente, retorna ao consultório e contrata de vez os serviços, mas ainda de forma orgulhosa, afirmando que não admitiria truques novamente, apenas exercícios mecânicos . Mesmo sabendo que o problema não estava na língua e sim na mente do Rei, o Dr. não discute. Faz exatamente o que o teimoso mandou e deixa os fatos mostrarem a verdade por si só.

Que maneira de provar um ponto hein?

 

No desenrolar da história os dois vão fortalecendo uma amizade, sempre num tom irônico, ambos demostrando humor interessante.

É por esse caminho cheio de compreensão do lado do treinador que as verdadeiras causas da gagueira surgem.

Resumindo, o Rei sofreu maus tratos de uma babá; correções forçadas e dolorosas para escrever com a mão direita ao invés da esquerda, também para endireitar os joelhos; somando ao seu irmão babaca e o pai que não soube educar, deu no que deu. Um ga-ga-ga-ga-ga-go cheio de inseguranças.

 

O mais incrível é que mesmo diante das leves ofensas, o treinador continua sendo exímio observador e nota que o Rei fala sem dificuldades quando canta ou está indignado e põe para fora sua raiva, instigando-o a fazer sempre isso.

Até que em certo momento Vossa Majestade extrapola e menospreza a pessoa do Dr., assim como sua criação e família.

E mesmo ali…. mesmo diante da mais pura ingratidão, o sábio treinador não reage, somente se retira. Na verdade, até procura o ofensor posteriormente, que o ignora.

De qualquer forma eles retornam ao treinamento e à amizade após o Rei se desculpar devidamente, até que o filme chega ao seu grande final.

 

Com certeza a força de vontade do Rei gago em driblar seu obstáculo surpreende e estimula qualquer um que assiste.

Mas para lhe ser sincero, esse Doutor… que mesmo sem nenhuma qualificação profissional de médico ou psicólogo… conseguiu  despertar o que aquele sujeito tinha de melhor… ele me fascina com sua não reatividade, humildade, cadência e sabedoria.

Sei bem como é treinar difíceis personalidades para que atinjam seus objetivos. 😉

 

 

Abraço do DON

 

Falando nisso, as portas do coaching do Manual do Jogador Caro estão abertas para você, garanta agora mesmo sua vaga!

 

 

 

 

 

 

 


Parábola: Defeitos

Um carregador de água na Índia levava dois potes grandes, ambos pendurados em cada ponta de uma vara a qual ele carregava atravessada em seu pescoço.

Um dos potes tinha uma rachadura, enquanto o outro era perfeito e sempre chegava cheio de água no fim da longa jornada entre o poço e a casa do chefe.

O pote rachado chegava apenas pela metade.

Foi assim por dois anos, diariamente, o carregador entregando um pote e meio de água na casa de seu chefe.

Claro, o pote perfeito estava orgulhoso de suas realizações.

Porém, o pote rachado estava envergonhado de sua imperfeição, e sentindo-se miserável por ser capaz de realizar apenas a metade do que havia sido designado a fazer.

Após perceber que por dois anos havia sido uma falha amarga, o pote falou para o homem um dia, à beira do poço:

– Estou envergonhado, quero pedir-lhe desculpas.

– Por quê?, perguntou o homem. – De que você está envergonhado?

– Nesses dois anos eu fui capaz de entregar apenas metade da minha carga, porque essa rachadura no meu lado faz com que a água vaze por todo o caminho da casa de seu senhor. Por causa do meu defeito, você tem que fazer todo esse trabalho, e não ganha o salário completo dos seus esforços, disse o pote.

O homem ficou triste pela situação do velho pote, e com compaixão falou:

– Quando retornarmos para a casa do meu senhor, quero que percebas as flores ao longo do caminho.

De fato, à medida que eles subiam a montanha, o velho pote rachado notou flores selvagens ao lado do caminho, e isto lhe deu ânimo.

Mas ao fim da estrada, o pote ainda se sentia mal porque tinha vazado a metade, e de novo pediu desculpas ao homem por sua falha.

Disse o homem ao pote:

– Você notou que pelo caminho só havia flores no seu lado do caminho? Notou ainda que a cada dia enquanto voltávamos do poço, você as regava? Por dois anos eu pude colher flores para ornamentar a mesa do meu senhor. Sem você ser do jeito que você é, ele não poderia ter essa beleza para dar graça à sua casa.

Cada um de nós tem seus próprios e únicos defeitos. Todos somos potes rachados. Das nossas fraquezas, tiremos nossa força.

Abraço do DON


Análise do JC: Vida social de um Jogador Caro

Atenção turma, hoje teremos uma análise diferente.

Normalmente nesta categoria o leitor manda sua dúvida e sempre que possível eu dou umas orientações.

Porém, nosso já conhecido amigo D’Artagnan – que vem assimilando bem os conceitos do Manual – resolveu partilhar conosco como ele entende ser o estilo da vida social de um Jogador Caro.

Achei muito legal sua iniciativa pois o MDJC vai além das minhas próprias ideias e experiências. Criei essa obra para que todos possam debater, além de contribuir sempre com seus diferentes pontos de vista, visando o crescimento de todos.

Vejamos portanto suas ideias e em negrito darei minha opinião.

* Uma das qualidades de um Jogador Caro é ter vários amigos e amigas. Uma pessoa comunicativa, que tem um grande círculo social, conecta as pessoas e é vista com bons olhos perante elas. É provável que se abram muito mais portas para esse que é sociável do que para aquela pessoa fechada, que não gosta de compartilhar alegria.

Concordo contigo. O único contra-tempo é que você não consegue se dedicar de verdade à vários amigos  de uma vez só. Por isso é importante saber exatamente quem o considera de verdade e para quais ocasiões cada um deles é boa companhia. 

* Por ter amizades de diferentes sexos, o Jogador está anos luz na frente de outros homens quem não têm. As mulheres naturalmente se sentem atraídas por ele, pois ele é agradável, não necessita de atenção e tem opções.

Muitos acham estranho ser amigo das damas. Pelo que vi até hoje, é verdade, mas apenas quando você anda muito no meio delas. São várias conversas femininas ali (roupas, fofocas, estética, sentimentos, etc..), como diria o mestre Charlie Harper, “conversas sem sentido”. Tem que saber levar essas amizades de um jeito saudável ou você pode pirar! No mais, sejam amigos das mulheres.

confira- https://omanualdojogadorcaro.wordpress.com/2011/11/11/pros-e-contras-de-ser-amigo-de-mulher/

* Para se ter um grande círculo social é necessário criar essa conexão, unir grupos. Apresentar o amigo da academia pro parceiro da faculdade, a irmã do amigo que pratica o mesmo esporte que a tua colega da faculdade…

Muito bom apresentar amigos. Aqui vai uma dica de ouro direto do Manual: evite apenas dizer “fulano, esse é o fulano”. O jogador manda um adjetivo ou alguma coisa legal, exemplo: “fulano, esse é o fulano, você tem que ver ele jogando, imagina a mistura do Messi com o Neymar, é ele.” Lembrando que é bem deselegante deixá-los logo depois que os apresenta.

Porém, para se conseguir fazer isso, é preciso saber manter uma vida social saudável.

Não pode ser feito de maneira forçada, tem que ser algo natural e que você faça com uma vontade verdadeira. Mantenha apenas as pessoas que gosta por perto, que fazem você mostrar o seu melhor. Evite pessoas negativas na sua vida e que não despertam o seu melhor.

Exatamente. Lembre-se do ditado, “me diga com quem andas e direi quem és”. Pessoas negativas além de serem péssimas companhias, também queimam o seu filme.

Como manter uma vida social saudável:

* Para se ter vários amigos é preciso ser uma pessoa querida, que as pessoas queiram estar perto, que tenha uma boa energia, que leve alegria.

O principal é tratar os outros como gosta de ser tratado. E cuidado ao tratar bem demais quem não faz por merecer. Eles perderão o respeito por você.

* O primeiro passo é se tornar uma pessoa POSITIVA. Se queixar das coisas pra quê, Jogador? Isso não vai resolver os seus problemas e só lhe fará ser repulsivo.

* O segundo passo é não ficar criticando ou julgando. Nada mais chato do que aquela pessoa que só sabe apontar defeitos ou ver o lado negativo das coisas. Todo mundo tem características que não são legais, inclusive você. Comece a ver o lado bom das pessoas e caso não for suportável o lado que você não gosta, não a tenha como amiga. Mas, pare de criticar!

* Em vez da crítica, elogie! Faça um elogio sincero quando merecido.

Dicas geniais. Melhor ainda é ter o costume de falar bem de um conhecido na frente dos outros, principalmente se ele não estiver presente (atitude incrível e rara de se ver).

 

* Fale sobre ideias em vez de falar sobre pessoas. Não seja fofoqueiro. Fale sobre o novo idioma que quer aprender, conte sobre o artigo que leu na internet, comente sobre o que ta rolando em tal esporte e também OUÇA. Uma pessoa que fala o tempo todo se torna narcisista, egoísta e isso também causa repulsão. Ouça o que os outros têm a contar, comente sobre o que ele fala, tente relacionar com algo da sua vida ou com algo que viu e achou interessante.

Excelente.

* O poder do telefonema. Na correria em que a maioria das pessoas se encontra no dia a dia, ficou comum marcar encontros e se comunicar através da sms ou do recado no facebook. É um meio rápido e fácil. Um recado não substitui o bom e velho telefonema, onde se ouve a voz da outra pessoa e conseguimos captar seus sentimentos.

[²]

* O tempo se tornou algo valioso! Portanto, existe alguma forma de demonstrar mais carinho que passando algum tempo com alguém que gostamos? Reserve um tempo pros seus amigos, combinem uma atividade semanal com aquelas pessoas que quer ter pra sempre perto de você, que são seus amigos e amigas de verdade. Combine o Surf do final de semana, ou o Pôquer de quinta, ou o futebol na quarta, ou tudo isso junto… O que vale é estar com que você gosta fazendo algo que todos curtam.

 

!

 

É isso aí, como pode ver, D´Artagnan deu dicas fantásticas para termos uma vida social prazerosa, digna de um JC.

Quero agradecer a ele pela bela contribuição e aos demais, saibam que o MDJC está sempre aberto à sua participação.

 

Abraço do DON


Perfil de um J.C.= Curtis Jackson (50 cent)

Mais um músico chegando na área do MDJC, e a bola de vez é o rapper 50 cent!

 

Milhares de pessoas curtem seu som e outras milhares, não.

Isso é normal quando falamos sobre artistas e pessoas famosas.

Muitos criticam o estilo de seus videoclipes, exagerados em mulheres, marra e materialismo (até eu já critiquei).

Mas como procuro observar as coisas de maneira cada vez mais ampla, já não tenho preconceitos quanto a isso.

Primeiro que curto mesmo é o som, a batida.

Quanto aos clipes, e daí se o cara coloca a mulherada pra dançar? E daí se ele tira onda com as coisas que pode comprar?

Tudo faz parte do marketing também… da cultura americana hip hop.

E de qualquer maneira, são motivos muito mais profundos que me fazem considerar esse rapper um de nós, um Jogador Caro.

 

Curtis teve diversos obstáculos em sua caminhada.

A começar por perder sua mãe aos 8 anos de idade, vítima do tráfico de drogas.

Sem um pai por perto e vivendo no Queens, periferia de Nova York, poucos são aqueles que conseguem se sustentar pelas vias legais. Foi aí que seguiu os passos dela nos anos seguintes.

Horas e mais horas parado nas equinas, ligado na polícia enquanto esperava viciados comprarem seu produto.

Mas a vida nas ruas o ensinou como ser confiante, pois, no meio da malandragem, quem demonstra insegurança ou medo, perde a única coisa que possui: o respeito.

Além disso, trocando ideia com os mais velhos e assistindo ao que acontecia no mundo do tráfico, foi chegando à conclusão de que se permanecesse naquela vida acabaria levando tiro ou sendo preso. Por ventura, foi tudo o que aconteceu.

 

Aos 16 anos cumpriu pena por posse de drogas. E quando muitos desistiriam de vez em mudar de vida (pois era o mais fácil a se fazer), 50c decidiu remar contra a maré e criou o objetivo de virar um cantor de rap a todo custo.

Quando foi solto, entretanto, estava completamente falido, então planejou levantar dinheiro novamente no crime enquanto tentava ingressar na carreira musical.

Nessa época conheceu um empresário e juntos conseguiram fechar contrato com certa gravadora.

Fico imaginando a satisfação de Fifty, depois daquela infância sofrida, crescendo em meio  às difíceis leis da bandidagem  e finalmente enxergar uma luz no fim do túnel.

Sabe aquela sensação de começar a realizar um sonho? Acredito que era como ele se sentia na época. Empolgado!

 

Só que a vida é louca.

Poucos dias antes do lançamento de seu álbum, alguém chegou perto do carro em que 50c se encontrava e descarregou uma pistola, deixando 9 tiros cravados por todo seu corpo.

Incrivelmente, não foi dessa vez que perdeu a vida.

Já o contrato com a gravadora foi pro saco.

 

Todos fecharam as portas pois julgavam mal para a imagem de uma empresa ter seu músico envolvido em confusões desse nível.

Mesmo assim, 50 cent nunca foi de baixar a cabeça nem de fazer papel de vítima injustiçada.

Usou tudo que aprendeu enquanto esteve pela antiga gravadora e depois de se recuperar do atentado mandou uma jogada de mestre: gravar de forma independente sua fita DEMO e espalhar de graça.

Fez uso da internet, de diversos amigos e conhecidos, até pagava para copiarem suas músicas.

Resultado?

Uma mistura de admiração com áurea de mistério, já que, temendo pela volta de seus inimigos, 50c não aparecia em público.

A curiosidade sobre quem era o cara por de trás daquela sonzera só fez aumentar sua fama, até sua música chegar nos ouvidos de um renomado rapper: EMINEM. Era o contato que levaria Curtis Jackson ao sucesso total.

De lá para cá ele apenas evoluiu.

Sabendo que ficar nas mãos de empresários não era exatamente sua meta final, foi aprendendo o máximo possível com Eminem e o experiente produtor Dr. Dre, até conseguir andar com as próprias pernas.

Lançou sua gravadora… virou ator… tem agora a própria linha de roupas e acessórios… vendeu mais de 30 milhões de cds… até participação no desenho Os Simpsons. Enfim…

Essa é a resumida história de 50 cent, um sujeito que jamais desistiu de seus sonhos, e mesmo diante das maiores adversidades, conseguiu dar a volta por cima.

(para conhecer detalhes surpreendentes da vida dele, fica a dica mais uma vez do livro a 50gésima lei, de Robert Greene)

 

Deixo aqui uma entrevista em que Fifty demonstra certa habilidade na sedução- como qualquer Jogador Caro que se preze!

Abraço do DON

 

 

 

 


Cena do filme Patch Adams (veja o que as pessoas não percebem)

Buenas muchachos!!!!

Algum tempo atrás assisti novamente àquele filme estrelado por nosso brilhante Robin Williams: Patch Adams- O amor é contagioso.

É uma história real sobre o cara que foi contra o formalismo exagerado da medicina tradicional e percebeu que ao ter mais contato humano com os pacientes, prestando mais atenção neles, os fazendo rir, conversando de forma interessada, consequentemente os mesmos tinham melhoras na sua saúde.

Lá pelo início do filme, Adams está internado numa espécie de hospício (por vontade própria), depois de uma tentativa de suicídio, quando descobre que leva jeito em passar energia positiva para as pessoas.

Confira uma das cenas mais importantes do filme. Ela está em espanhol pois não achei a versão traduzida para português no youtiubs e no momento minha central de edições, a Florianopolitando Produções, está fora do ar.

Se você não entendeu bem, tranquilidade parceirinho… lhe explico.

O coroa doidão, um cara que foi bem sucedido como professor ou algo assim, faz sinal mostrando os 4 dedos e perguntando para todo mundo quantos dedos têm ali, e sempre que recebe a resposta óbvia, sai xingando.

Até que Patch o visita em seu quarto para perguntar qual é a da charada.

No início o coroa apenas o rejeita, mas quando percebe a boa vontade e a criatividade do curioso ao consertar rapidamente o copo rachado, resolve explicar sua mensagem.

Quando se presta atenção apenas ao superficial, ou seja, aos 4 dedos, temos uma visão limitada.

Agora… se olhar para depois da mão, acontece aquele efeito ótico e os 4 dedos viram 8.

 

Então ele diz:

Se você focar apenas no problema, não verá a solução. Veja o que ninguém mais vê, ou escolhem não ver, por medo, conformidade ou preguiça. Assim verá um mundo novo a cada dia.

Que mensagem!!!

É besteira se amargurar e quebrar a cabeça demais com um problema. Se puder resolver, pense em todas as possibilidades, saídas, com criatividade e fé. Peça a opinião de pessoas que possam mesmo esclarecer suas ideias ao invés de reclamar para Deus e o mundo. E caso não tenha solução, é meu amigo… só resta aceitar.

O outro ponto aqui é notar o que as outras pessoas deixam passar batido.

Ver o lado positivo das coisas. Captar exatamente o que estão sentindo à sua frente. Sabe jogador, por vezes, as pessoas o insultam, são mal agradecidas contigo, e agem de forma inapropriada. Interessante é quem nem sempre o problema delas tem haver com você. Elas tem diversas inseguranças… problemas de auto-estima… situações mal resolvidas… e projetam nos outros, mesmo sem querer.

Não perca tempo discutindo em vão ou esperando demais das pessoas.

É isso que acontece numa outra cena do filme.

 

O diretor da faculdade de Adams o persegue a todo custo por sentir-se ameaçado, sendo que o aluno procura revolucionar os métodos tradicionais da medicina.

Então, ao ser tratado com falta de respeito por ele, mediantes gritos e injustiças, Adams simplesmente lembra do aprendizado no hospício e observa além do diretor, criando aquela imagem secundária do mesmo.

Nessa hora, ele para de ouvir as reclamações e dá um leve sorriso, como quem pensa, “não serei afetado pela insegurança desse cara… sei que estou no caminho certo”.

Portanto é isso aí, mais uma dica de comportamento do MDJC.

 

E assista ao filme, vale à pena!

 

Abraço do DON


A simples e complexa história de Narciso

Você conhece o termo narcisismo?

Tipo quando alguém é vaidoso demais ou adora falar apenas de si (confundindo-se também com egocentrismo).

Ele é decorrente da lenda de Narciso, o rapaz que se apaixonou pelo próprio reflexo.

A história conta versões com diferentes detalhes. Aqui vai a mais simples de todas:

Narciso possuía uma beleza fora do comum.

Todas as garotas das redondezas babavam, interessadíssimas e apaixonadas, mas ele era tão bonito que se julgava acima de tudo e de todas.

Tinha por costume se debruçar às margens de um lago apenas para contemplar o reflexo de sua imagem.

Até que certo dia, ficou tão hipnotizado e fascinado pela sua lindeza que vacilou e caiu na água.

Como ali era fundo e não sabia nadar, Narciso morreu afogado.

Agora partilho a mensagem que o MDJC captou.

A lenda passa que se preocupar em exagero apenas consigo mesmo é um comportamento auto-destrutivo.

Pode até ser que as garotinhas eram interessadas no personagem, mas com certeza era uma atração superficial, dada a arrogância do mesmo.

Sabe jogador… vi pelas oportunidades da vida mulheres realmente bonitas e gostosas, mas em sua essência, repugnantes.

Não eram simpáticas… positivas… inteligentes… espontâneas… nem charmosas. Resumindo, sem conteúdo.

Isso me provou que beleza não é tudo.

Você jogador, pode se achar meio narigudo, baixinho, alto demais, gordinho, orelhudo. Não importa.

É a sua energia e a forma como faz as pessoas se sentirem que determinará seu grau de atração.

E não digo apenas atração amorosa.

Lembro de um garçom realmente gente fina que trabalhava na minha rua. Sempre puxando assunto, prestando atenção nos clientes, sendo engraçado sem ser chato. Com certeza ele se destacava mais do que qualquer outro colega de profissão e um dia até o elogiei por isso. Realmente eu gostava de ser atendido por ele.

Do outro lado da moeda, noto aqueles amigos desinteressados, que não vejo há meses e ao encontrá-los na rua, não perguntam como vai minha vida, etc… Brinco, olho nos olhos, dou um tapa no braço e me interesso por suas novidades. E eles ali, apáticos, enquanto percebo e não levo para o lado pessoal.

Mas falando a real, quem sou eu para julgar?

Talvez estejam com a cabeça totalmente ocupada com pensamentos sobre si mesmos, assim como o cara lá… tal de Narciso.

Abraço do DON!


Parábola: Afirmações (lei da atração)

Um homem, sentado na calçada segurava a seguinta placa:

“Vejam como sou feliz! Sou um homem próspero, sei que sou bonito, sou muito importante, tenho uma bela residência, vivo confortavelmente, sou um sucesso, sou saudável e bem humorado.”

Alguns passantes o olhavam intrigados, outros muitos o consideravam louco e alguns outros até lhe davam dinheiro. Todos os dias, antes de dormir, ele contava quanto havia ganho e notava que a cada dia a quantia era maior.

Certa manhã, um executivo que passava pelo local e já o observava a algum tempo, se aproximou dizendo:

– Você é muito criativo! Gostaria de colaborar numa campanha de minha empresa?

– Adoraria! Afinal, não tenho nada a perder.

 

Então, após um banho caprichado, barba feita e roupas novas compradas pelo executivo, o mendigo foi levado a empresa.

Daí pra frente sua vida foi um sucesso, conseguindo alcançar um dos mais importantes cargos na empresa.

Numa entrevista, foi perguntado como conseguiu sair do nada para um cargo tão respeitado em tão pouco tempo. Eis o que respondeu:

– Bem, antigamente eu sentava na calçada segurando uma placa com a seguinte mensagem: “Sou um nada neste mundo! Ninguém me ajuda! Não tenho onde morar! Sou um homem fracassado e maltratado pela vida! Não consigo um mísero emprego que me renda alguns trocados! Mal consigo sobreviver! Por favor me dê uma moeda.”…

E continuou:

– As coisas iam de mal a pior quando, certa noite encontrei um livro e fiquei impressionado com um trecho que dizia o seguinte: “Tudo o que você fala a seu respeito se reforçará. Por pior que esteja a sua vida, diga que tudo vai bem. Por mais que não goste de sua aparência, afirme-se bonito. Por mais pobre que seja, diga a todos e a si mesmo que é próspero. Por pior que esteja sua saúde, acredite que está muito saudável.”

Ficou um tempo em silêncio. Fechou os olhos por um momento. Suspirou. Então continuou:

– Aquilo me tocou profundamente, e como não tinha nada a perder, troquei os dizeres da placa por: “Vejam como sou feliz! Sou um homem próspero, sei que sou bonito, sou muito importante, tenho uma bela residência, vivo confortavelmente, sou um sucesso, sou saudável e bem humorado.”

Falava com alegria, com entusiasmo:

– A partir deste dia, tudo começou a mudar. A vida me trouxe a pessoa certa que me apresentou a esta empresa, tudo conspirou a meu favor e me ajudou a chegar onde cheguei. Tive apenas de entender o Poder das Afirmações. Tudo que dissermos e afirmarmos continuamente se tornará realidade. O Universo materializa todas as nossas crenças. Enquanto eu acreditava que era pobre e feio, essa era a minha realidade. Porém quando comecei a dizer que era próspero e bonito, minha vida mudou…

O repórter, ironicamente, perguntou:

– O sr. quer dizer que umas palavras escritas em uma placa mudaram sua vida?

E com um sorriso no rosto, ele respondeu

– Claro que não, amigo. Primeiro eu acreditei nelas!

Tudo que tu fala sobre ti, se reforçará. Por isso, acredite ser bonito, acredite ser próspero, acredite que tu pode sim! E tudo conspirará a teu favor.


Análise do JC= Paixonite por ninfeta

” Tenho 19 anos, estou num lance com uma garota de 15 há umas 3 semanas, e cheguei nas minhas conclusões que eu tenho é paixonite, confesso que tento controlar…Mas é que eu penso que é assim posso fazer a garota se encantar por mim, mandar muitos sms, falar muitas coisas bonitas, ela está me vendo como um cara romântico, mas eu não quero passar essa impressão porque não é desse jeito que ela ira se encantar… Como ser um grude de uma garota, sem que ela perceba que eu estou em cima dela o tempo todo? qual o método que ela se apaixone por mim???

Ignorá-la? tentar mostrar pra ela que sou concorrido cheio de mulheres?  estou muito confuso com isso.”

 

 

É rapaz, paixonite… já começamos mal.
Entenda que ela tem 15 anos e você deveria se mostrar um Jogador Caro experiente, devido à diferença de idade.
A maioria das ninfetas são bobinhas. Estão entrando no jogo agora e se forem gatas, ficam deslumbradas com a macharada que começa a mostrar interesse.
Isso massagea o ego delas. Eleva a auto-estima.
Algo semelhante a receber um super-poder da noite para o dia.

 

Gostei da sua confiança ao dizer que pode fazer a garota se encantar. Só não concordo que mandar muitas SMS, falar coisas bonitas e se mostrar romântico seja necessariamente o caminho para tal objetivo.
Principalmente no seu caso.

 

NINFETA!
Primeiro de tudo é o desapego.
Como já falei, ela pode estar fascinada com o novo poder de sedução e quer provar disso.
Existem exceções é claro. Garotas que não têm essa necessidade de validação dos homens, que são sinceras, tranquilas e praticamente feitas para namorar.

 

A maioria das ninfas quer apenas é sentir sua masculinidade ao máximo e diversão. O jogo com elas fácil – se souber jogar.

 

De qualquer forma, você mesmo já assumiu que não é sendo romântico que a dita cuja irá encantar-se.

 

Na verdade você deveria ser você mesmo jogador.
Não entendi bem quando pergunta “como ser um grude sem que ela perceba que está em cima dela o tempo todo“.

 

Decifrando o que pode ser sua pergunta, você quer saber como investir nela sem ser grudendo, é isso?
Ora, SEM SER GRUDENTO!!

 

Como aqui no MDJC o papo é sempre reto, já aviso para esquecer esse lance de fórmula para ela se apaixonar. Isso não existe.

 

A fórmula é ser você mesmo e assim irá atrair e conquistar garotas que se alinhem com sua personalidade.
Ignorar pode ser eficaz, caso ela te destrate e mereça um certo castigo.
Melhor é ser um pouco ausente, vivendo sua vida também, seus amigos, seus hobbes, outras garotas e afazeres. Tenha tesão pela sua vida, é assim que elas também terão.

 

Outra coisa, não se tenta mostrar que é desejado por outras. Ou você é ou não é. Se for, será comum seu telefone tocar na presença dela, ou dizer que estava com umas amigas em tal lugar. Se não for, ela perceberá que você investe todas as suas fichas nela mesmo sem fazer por merecer, e isso é mal.

 

Pelo que vi e posso estar equivocado, sua intuição já mostrou que a ninfa está se achando com mais valor nesse suposto relacionamento. Então deixa de quebrar a cabeça se esforçando para conquistá-la.
Apenas se divirta, seja leve e sem muitos planos para amanhã. Quanto menos botamos pressão nas mulheres, mais elas nos querem.

 

Abraço do DON