Perfil de um Jogador Caro: Charlie Sheen

Bem vindos a mais um Perfil de um Jogador Caro rapaziada!

De acordo com suas palavras: O feiticeiro, o cara que tem sangue de tigre….

Dono de um senso de humor único e elegância no estilo, o perfil de hoje a ser observado é o dele, CHARLIE SHEEN!

Carlos Estevez é um ator, assim como seu pai e irmão.

Possui uma longa lista de filmes no seu currículo, merecendo destaque:  Wall Street – Poder e cobiça (que teve uma continuação muito fraca recetemente); Top Gang (divertida sátira ao filme de Cruise) e Platoon (excelente filme sobre a guerra do Vietnã, contata pelo diretor que presenciou as batalhas, Oliver Stone).

Cerca de 9 anos atrás, a Warner Brothers ofereceu a ele uma série humorística baseada em seu próprio estilo de vida, o incrível Two and a Half Man.

Foi aí que sua carreira decolou de uma vez por todas.

 

Seu personagem, “Charlie” Harper, dividia a própria mansão com o irmão xupim, Alan, e o sobrinho, Jake.

Acredito que foi a maior série de todos os tempos.

Uma mistura perfeita, com roteiro e piadas bem elaboradas, além de atuações brilhantes de todos os atores.

Entretanto, a luz do show era ele mesmo, Charlie.

Sua extrema facilidade em lidar com as mulheres (de forma natural, ele nem precisava encenar) somada a forma arrogante e engraçada de tirar onda, o transformaram num ídolo inigualável.

 

Eis o que aprendi com seu papel em 2 and a half man:

– toda situação podemos ver com bom-humor e até fazer piada dela

– a conduzir interações 

– ser exímio observador te trás benefícios

– não ser reativo

– falar atrativamente com mulheres é algo muito fácil 
– mover-se com estilo

– usar melhor o tom de voz

– fazer mais expressões

– ter foco 

– falar menos e fazer mais

 

Você poderia me diz “ahhh Don, mas quem escrevia o roteiro não era ele”.

Eu te responderia “ahhh quem faz o esquema e treina os jogadores pode ser o técnico, mas é o atacante quem faz o gol”.

 

Como a maioria deve saber, Charlie sempre foi adepto da filosofia sexo-drogas-rock e roll, fato que prejudicou sua vida por diversas vezes.

Entrou em desavença com o produtor/criador até chegar ao ponto de mandar ele ir tomar naquele lugar e foi despedido (fato esse que resultou na entrada de Ashton Kutcher e iniciou o fracasso da série).

Outra “pisada” dele foi ser agressivo com algumas mulheres.

 

Mas não sou eu, Don Conejo, daqui de uma pequenina ilha do Brasil, que vou julgar o que acontece lá na conxichina, nos bastidores de Hollywood, tão pouco os vacilos que cada pessoa comete.

Assim como falei no perfil de Tupac Shakur, procuro me basear e admirar apenas as qualidades dos outros.

Já pensaram se fôssemos o tempo todo considerados apenas de acordo com nossos defeitos? Nossos erros? Ninguém sairia mais de casa.

Até porque, Charlie Sheen ganhava mais de 1 milhão de dólares por episódio durante 8 anos, além de ter feito um acordo com a emissora de tv que o despediu, onde, somando a rescisão do contrato mais a participação nos lucros da exibição das reprises daqui em diante, receberá mais de 100 milhões de dólares*.

 

O cara tem milhões de fãs no mundo todo… faz sucesso com a mulherada… teve um programa baseado no seu lifestyle… e não tem nem onde enfiar mais dinheiro.

É por essas e por outras que consideramos Charlie Sheen UM JOGADOR CARO!

 

Abraço do DON

*fonte: Revista Rolling Stone

Anúncios

7 respostas para “Perfil de um Jogador Caro: Charlie Sheen

  • Adriel

    E lógico que não podia faltar ele, um cara que admiro, inclusive indico que vejam o Roast of Charlie Sheen, e sua entrevista para o Canal BBC! mostra um lado dele que ninguém viu! o cara é um gênio, e Two And a Half Man sem comentários! e me inspiro muito no jeito dele levar as coisas, não muito a sério sabe, essa de não ser reativo e sempre bom humor! e o que mais gostei nele é que ele não ta nem ai para o que dizem, faz o que gosta!

  • Thiago Porto

    Confesso que nunca assisti essa série, mas já tinha ouvido falar que esse cara é ALFA… Outro que posso indicar é o Hank Moody do Californication, esse eu já vi em ação, cafa de primeira haha
    Abraçoos

  • Don Ribeiro

    Cara, um exemplo de indiferença emocional é esse cara. Pelo menos no campo da sedução, obviamente. Uma pena ele ter brigado com o produtor do TAHM, mas espero que ele traga sempre novas atrações originais para uma televisão com entreterimento tão monótono e sem inovação.

  • dyonehenrique9

    Esse é o um dos maiores jogadores caro do mundo Don!
    Sou fã desse cara!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: